Sobre Mim

Tirada por Marino Cruz

 Sofia A. Cardoso, 20, Porto

Sou apaixonada pela natureza. Adoro um bom dia de chuva, nevoeiro... na verdade, admiro também um bom dia de Sol. Sou fascinada pelo mundo da escrita e do crime. Pretendo conciliar estas duas vidas, sendo ao mesmo tempo criminóloga e escritora. Adoro uma boa vodka no calor das noites  e por entre gargalhadas e pessoas especiais. Adoro sair à noite e sentir que estou por minha conta. Odeio estudar por estudar. Gosto de saber de tudo sobre tudo, esmiuçar tudo até descobrir a verdade. Sou irónica. Sou viciada em café. Falo pouco e analiso as pessoas com frequência. Tenho a mania de tentar adivinhar o que as pessoas estão a pensar. Dizem que sou demasiado racional e que o meu forte é a sinceridade. Dizem que sou dura para comigo e para os outros. Leio bastante. Venero Emily Brontë e Joanne Harris. O meu sonho era viver numa montanha e beber o café da manhã envolta de cobertores enquanto observava o nascer do Sol e juntar isso com um abraço forte e apertado. Gosto de viver com as poucas pessoas que realmente me dizem alguma coisa. Gosto de beijos matinais que me fazem recordá-lo até ao final do dia e ansiar por mais. Não gosto de artificialismos: as coisas são ou não são e se não são e dizem que são, é uma questão de tempo para eu descobrir. Tenho o meu quê de loucura e não me importo. O mundo não seria nada sem loucos.
Um poço de imperfeições necessárias, umas adquiridas e outras herdadas. Se me arrependo do que sou? Not even a little. Talvez cada um devesse mesmo não se arrepender do que é mas aprender a conviver consigo.

2 comentários:

  1. Gostei muito do teu blog...
    Boa sorte para concretizares tudo o que desejas para o teu futuro

    ResponderEliminar

"Procura o que escrever, não como escrever." Séneca
Aviso: Não se aceitam comentários que não se relacionem com o post. Obrigada pela compreensão.