sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

O novo perigo

E hoje acabou-se um pequeno martírio. Há já alguns dias que o nervosismo de consumia de uma forma voraz. Eu não sou pessoa de mostrar nervosismo. Na verdade, eu e o nervosismo por testes e coisas do género não somos muito aliados. Não sou de todo confiante, mas sei que se estudei, irei ter uma nota aceitável. Contudo, o exame sempre me apavorou porque eu reprovei da primeira vez. Sim, eu reprovei porque o competentíssimo "senhor engenheiro" não teve o bom-senso de admitir que o local era demasiado escuro para que eu pudesse fazer um contorno de passeios em condições. Tal foi possível ver através de hoje que correu tudo às mil maravilhas, ou melhor, quase tudo. E pronto, estou feliz porque eu gosto de conduzir e finalmente o martírio da tamanha revolta que eu sentia, desapareceu! Mas se encontrar aquele engenheiro bem que lhe era capaz de lhe passar por cima! Ah, estou duplamente feliz porque a V. também passou! Yey!!!

5 comentários:

"Procura o que escrever, não como escrever." Séneca
Aviso: Não se aceitam comentários que não se relacionem com o post. Obrigada pela compreensão.