domingo, 21 de outubro de 2012

Today is the day

Uma coisa que aprendi ao longo dos tempos é que não sou em quem tem de dar sempre o primeiro passo. Não sou eu que após uma discussão tenho de amenizar o clima. Não sou eu que tenho de desculpar por tudo. Aprendi, e ainda bem que aprendi, que não sou eu quem devo perguntar se está tudo bem depois de muito tempo sem comunicar. Fiz para entender que se as pessoas não me dão sinais é porque querem relações cortadas comigo. Não condeno. Todos temos o direito de nos afastarmos e cortar relações. Não falo de ninguém em específico. É só que me inquieta quando, de repente, se lembram de mim como se eu fosse a salvadora da pátria, se aproveitam e depois voltam a fazer com que eu mergulhe no esquecimento. Bem, digamos que agora a minha benevolência está pelas horas da morte e não tenho de dar crédito aos pedidos... Teria de chegar o dia em que me fartaria destes comportamentos e hoje parece que chegou o dia. 

P.s Quarta feira respondo a todos os comentários simpáticos que me têm feito! You're awesome!

1 comentário:

  1. Oh que linda! ^^
    eheh tinha de ser, estou ansiosa é para o ter. *w*

    ResponderEliminar

"Procura o que escrever, não como escrever." Séneca
Aviso: Não se aceitam comentários que não se relacionem com o post. Obrigada pela compreensão.