sábado, 6 de outubro de 2012

Dear Autumn

Eu gosto de sentir frio. De abrir o roupeiro e ver os meus casacos grossos num canto, pegar neles e sentir o calor quando os visto. Gosto dos cachecóis, de os sentir próximos do meu pescoço, quase me estrangulando. Gosto de ouvir o restolhar das botas no cascalho ou nas poças de água. Adoro chapinhar nas poças. Adoro passar a mão pelo cabelo e fazê-lo esvoaçar ao vento. Gosto da chuva e de manhãs pachorrentas, nomeadamente aos fins de semana. Ouvir a chuva cair no telhado e na janela de noite enquanto ouço a música Rain dos Breaking Benjamin. Consegue embalar-me. Gosto da tonalidade acastanhada das árvores, das folhas a dançarem ao som do vento, ver copas a serem sacudidas violentamente. Gosto dos rasgos luminosos no céu. Do som do trovão, das velas à janela quando há trovoada. Da chama que da vela se ergue, da escuridão dos dias, da neblina absorvente. Gosto das castanhas quentes. Do café quente que sabe bem num dia gélido, das mantas na cama e dos cobertores. De assistir a Sobrenatural, American Horror Story e The Walking Dead e de abrir a playlist de Outono. Gosto da lareira acesa quando chego a casa enregelada. De ouvir o crepitar das chamas. 
Se há estação do ano que gosto é o Outono, embora goste também do Inverno. Não sei porquê, mas para mim tem um esplendor diferente que torna toda a natureza uma obra prima que eu admiro ainda mais. 

2 comentários:

  1. és exactamente como eu! tal e qual!

    ResponderEliminar
  2. Gosto do Outono e as tuas razões estão bem explicadas.
    Adoro ver filmes de terror em tempos de trovoada, especialmente porque, depois, adormeço lindamente.

    Já agora, linda, tens um selo no meu blog para ti.

    Beijos, Nameless

    ResponderEliminar

"Procura o que escrever, não como escrever." Séneca
Aviso: Não se aceitam comentários que não se relacionem com o post. Obrigada pela compreensão.