sábado, 29 de setembro de 2012

Dia 30

Dia 30 - Quem és tu? (foto à escolha)



Há algum tempo atrás não saberia responder a esta questão, mas posso dizer que já passei pela fase de auto-reconhecimento e sei descrever-me com alguma clareza. Confesso que posso não ser uma pessoa muito simpática de início. Sei que tenho um feitio complicado e que sou arrogante no início, ou melhor, eu não sou de todo arrogante mas o meu sarcasmo e ironia não se desligam por vezes e as pessoas interpretam-me mal. Tendo a ser bem reservada e bem discreta. Sou quase um espetro, muitas vezes. Passo bem sem conhecer muita gente da minha faculdade. Nunca dou confiança a quem não conheço e não sou capaz de me mostrar emotiva com nada, mesmo que esteja uma luta a despoletar no meu âmago. Não sou capaz de chorar em frente às pessoas, armo-me em corajosa, não mostro medo, não mostro stress mas muitas vezes estou bem mais preocupada do que julgam. Sinto muitas vezes que não pareço ter a idade que o meu corpo aparenta. Diversas vezes penso que devo sofrer de uma atrofia muscular qualquer porque eu não tenho a mente de uma pessoa normal de dezoito anos, pelo menos quando estou numa de levar as coisas com seriedade. Não sou um alien. Sei-me divertir, mas não faz parte do meu leque de diversões bebidas alcoólicas e dança. Prefiro um sítio calmo, com boa música e uma boa companhia a estar no cerne de uma pista a levar cotoveladas. Detesto comédias românticas. Adoro ficção científica, thriller, ação e épico. A escrita é parte da minha vida, bem como a música, rock, de preferência, embora goste de outros estilos, nomeadamente algum country americano, indie rock, classic rock, e até mesmo música clássica.
A primeira impressão que têm de mim é que sou arrogante porque, segundo algumas pessoas, eu tenho cara de má quando estou séria e pareço um segurança, mas depois começam a aperceber-se que apesar do meu ceticismo sou boa pessoa (sim, estou a vangloriar-me). Não sou boa em relações, mas sou ótima a esconder sentimentos de todo o tipo. Orgulho em demasia irrita-me, bem como mentes retrógradas. Não suporto pessoas que são contra os homossexuais, são etnocentristas, xenófobos e racistas. Sou uma pessoa preocupada com o ambiente e com o país e tenho uma veia vegetariana. Detesto que não me digam as coisas na cara e que estejam sempre a criticar os outros, porque parto do pressuposto que fazem o mesmo comigo. Detesto que me traiam e que não sejam sinceros comigo. Não dou segundas oportunidades a ninguém. Não consigo. Traiu-me uma vez, portanto pode perfeitamente trair-me uma segunda vez. Detesto chegar atrasada, acordar cedo, deitar cedo, médicos e cerveja. Tendo a afastar-me das pessoas quando não confio nelas e não sou capaz de esconder isso delas.
E pronto, acho que já me ficaram a conhecer um bocadinho melhor e este desafio acabou. Espero que tenham gostado do que partilhei por aqui e, quem quiser, pode levar este desafio e se quiserem podem pedir-me o desafio completo! 

P.s Não estou a conseguir entrar em muitos blogues por causa de malware existente nos vossos espaços. Também aparecia no meu e retirei o SCM Player e deixou de aparecer a mensagem que me impossibilitava de os visitar. Aconselho a retirarem os players. 

3 comentários:

  1. és tu, à tua maneira e se gostas de ser assim, assim deves o continuar a ser :) temos algumas coisitas parecidas :)

    ResponderEliminar
  2. Ah, mas eu não me arrependo de ter escolhido esta área :)

    ResponderEliminar

"Procura o que escrever, não como escrever." Séneca
Aviso: Não se aceitam comentários que não se relacionem com o post. Obrigada pela compreensão.